ProUni 2016: Inscrições, vagas e outras informações

ProUni 2016: Inscrições, vagas e outras informações

O ProUni é um programa do governo que garante a concessão de bolsas integrais ou parciais em faculdades particulares credenciadas. Para garantir o máximo de equidade a todo o processo, entretanto, os candidatos às bolsas precisam atender a alguns requisitos para que possam ser considerados aptos a receber uma bolsa. Por isso, confira a seguir quais são os requisitos do ProUni 2016.

Exame Nacional do Ensino Médio e Prouni

Para concorrer a uma bolsa do ProUni o candidato deve ter nota mínima de 450 no Exame Nacional do Ensino Médio (ENEM) e não pode ter zerado a redação. A nota para fins de corte consiste em uma média simples dos valores das notas obtidas nas diferentes provas do ENEM.

Se o candidato não tiver realizado o ENEM então ele está automaticamente desclassificado e impedido de concorrer à bolsas.

Diploma de curso superior

Assim como acontece no Fies, por exemplo, para se candidatar a uma bolsa do ProUni o candidato precisa não ter um diploma de curso superior.

Isso significa que se o candidato tiver o ensino superior completo ele não poderá se candidatar a uma bolsa, ainda que em áreas ou em instituições diferentes e ainda que tenha se formado por instituição pública.

Junto do critério da nota do ENEM, não ter um diploma de curso superior é condição necessária para a inscrição. Ou seja, ainda que o candidato atenda a alguma das outras condições se ele não tiver a nota mínima ou se já tiver diploma não poderá obter a bolsa.

Ensino médio

Outro critério para a concessão de bolsas do ProUni 2016 é como se deu a conclusão de ensino médio do candidato.

Para ser elegível é preciso que o candidato tenha passado por uma dessas três situações:

  • Conclusão integral do ensino médio em instituição pública de ensino;
  • Conclusão integral do ensino médio em instituição de ensino privado desde que o aluno tenha sido bolsista integral da instituição;
  • Conclusão parcial do ensino médio em instituição de ensino público e em instituição de ensino particular, desde que como bolsista integral.

Isso significa que se o candidato cursou apenas um ano no ensino médio em instituição privada e sem bolsa ele já não será elegível para conseguir uma bolsa pelo ProUni.

Prouni 2016 e pessoas com deficiência

Se o candidato possui qualquer tipo de deficiência então ele poderá ser contemplado com uma bolsa. Como as exigências não são cumulativas, o candidato precisa atender apenas a uma deles.

Isso significa que se o candidato tiver deficiência, mais de 450 pontos no ENEM, não tiver zerado a redação e não tiver um diploma de curso de graduação então ele terá acesso ao ProUni mesmo que tenha feito o ensino médio em um colégio particular, por exemplo.

Docentes da rede pública

Outro critério para participação é no caso de o candidato à bolsa do ProUni 2016 ser um professor da rede pública de ensino.

Nesse caso, é necessário que o candidato esteja no efetivo exercício do magistério e que esteja atuando de maneira permanente. Ou seja, professores substitutos ou interinos não se aplicam a essa condição.

O ProUni 2016 é um programa importante para quem busca bolsas em faculdades particulares. Para isso, é preciso atender a alguns requisitos de maneira não cumulativa para esse ano, garantindo o acesso à universidade.

Post Comment

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.