Restituição imposto de renda 2016

Restituição imposto de renda 2016

O Imposto de Renda é um dos tributos que são arrecadados através dos rendimentos de pessoas físicas e pessoas jurídicas no país com o pagamento de um determinado percentual para o Governo Federal.

Todos os anos, todos devem prestar contas à Receita Federal com a Declaração de Imposto de Renda, mostrando as informações sobre bens, movimentações financeiras, além de quaisquer rendimentos tributáveis. No entanto, também é possível se ter o recebimento de parte deste imposto que foi recolhido ao longo do ano.

Neste artigo, vamos mostrar como fazer a Restituição do Imposto de Renda 2016 e quais as orientações para que você faça isto de forma correta.

Como fazer a Restituição do Imposto de Renda 2016?

Ao se fazer a Declaração de Imposto de Renda, o cidadão tem a possibilidade de realizar deduções referentes às despesas médicas, com educação, com empregada doméstica, com dependentes, com a contribuição para previdência complementar, entre outros itens.

Ao receber a Declaração do Imposto de Renda, a Receita Federal irá verificar o total de imposto que foi pago e irá verificar o quanto pode ser deduzido e, neste caso, o valor será devolvido ao contribuinte através da Restituição de Imposto de Renda.

A Restituição do Imposto de Renda é corrigida pela variação da taxa Selic, acumulada entre o mês seguinte ao da entrega da declaração e o mês em que é feito o pagamento da mesma pela Receita Federal, com acréscimo de 1,0%.

Isto significa que os últimos lotes de restituição terão um rendimento um pouco maior, porém, cuidado para não deixar sua Declaração de Imposto de Renda para o último dia, pois você poderá ter problemas e também pagar multas.

Assim, veja, a seguir, algumas orientações sobre como fazer a Restituição do Imposto de Renda 2016:

Preencha corretamente sua Declaração de Imposto de Renda:

A restituição só será possível se realmente você tiver deduções e contribuições feitas de forma correta. Faça sua Declaração de Imposto de Renda com cuidado, busque informações no site da Receita Federal (www.receita.fazenda.gov.br) e procure um profissional de contabilidade para lhe auxiliar no preenchimento da declaração.

Assim você irá garantir que poderá restituir parte do imposto pago ao Governo Federal;

Preencha corretamente seus dados bancários:

Caso você tenha direito à restituição, a Receita Federal irá fazer, de forma automática, o depósito na conta bancária definida na Declaração do Imposto de Renda. Portanto, certifique-se de fazer o correto preenchimento dos seus dados bancários na hora da declaração;

Acompanhe sua Restituição do Imposto de Renda 2016:

Você poderá acompanhar toda a situação da sua declaração no site da Receita Federal (www.receita.fazenda.gov.br) e também se você terá direito à Restituição do Imposto de Renda 2016.

Você poderá consultar sua situação também através do aplicativo para smartphones e tablets, ou através do ReceitaFone que é outro canal de comunicação com a Receita Federal.

A Receita Federal programa a liberação de sete lotes de restituição, do período de junho a dezembro. Logo, você precisa fazer a consulta da sua situação com certa frequência para acompanhar a restituição.

Post Comment

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.