Concurso ABIN 2017: Saiba todos os detalhes sobre o edital!

Concurso ABIN 2017: Saiba todos os detalhes sobre o edital!

A Agência Brasileira de Inteligência (ABIN) é o serviço de inteligência civil do país. Apesar de ter sido criada em 1999 pelo presidente Fernando Henrique Cardoso, o serviço de inteligência existe desde 1927. A principal função desse órgão é investigar ameaças reais e potenciais para a sociedade. Além disso, também é obrigação da ABIN zelar pela proteção do estado democrático de direito e da soberania nacional. A ABIN responde ao Sisbin (Sistema Brasileiro de Inteligência), ela age dentro do âmbito político de inteligência e de acordo com os focos dados pelo poder executivo.

Um edital para o concurso da ABIN para o biênio 2017/2018 para nível médio e nível superior deixaria muitas pessoas agitadas, pois esse teste abre posições para cargos que chamam muita atenção. A agência já informou que pretende abrir o concurso nesse período, portanto resta aos futuros candidatos, pretendentes das vagas ficar atento aos calendários e estar desde já estudando, pois o nível de dificuldade da prova é muito alto. No ano de 2017, completam-se 7 anos desde o último concurso, o que é extremamente danoso para o órgão, já que, a diminuição do pessoal faz com que os serviços se tornem menos eficientes.

Concurso ABIN 2017: Inscrições e provas

Quem está buscando uma oportunidade na agência precisa ficar muito atento às inscrições pois o concurso da ABIN tem, tradicionalmente, milhares de candidatos inscritos sempre que acontece. Justamente por isso, a concorrência é muito competitiva e estar apenas preparado pode não ser suficiente.

Para se ter uma ideia dos números, no concurso de 2008, foram mais de 87 mil candidatos inscritos. Só para os cargos de nível superior foram mais de 60 mil candidatos para 160 vagas. Ou seja, uma média de 415 pessoas por vaga. Para o cargo de nível médio foram mais de 20 mil inscritos para 30 vagas, resultando em absurdos 726 pessoas por vaga. Já no concurso de 2010, apesar do número um pouco menor de candidatos, 49.275, houve uma média de 615,94 candidatos por vaga. Os cargos que tiveram o maior número candidato/vaga foram os profissionais de educação física (nível superior), técnico de inteligência e administração (nível médio). Nesse momento, o ideal é estar firme nos estudos pré-edital e atento para quando ele sair continuar estudando com mais afinco e direcionamento.

Concurso ABIN 2017: Quem pode concorrer?

Qualquer pessoa pode participar do concurso, desde que esteja com a situação eleitoral e o serviço militar em dia. Ou seja, nas últimas eleições ter votado, ou justificado o voto, e, em relação ao serviço militar, estar devidamente registrado com certificado de dispensa, ou outras documentações necessárias. Em seguida, é necessário estar atento ao nível da vaga. Caso a vaga seja para nível médio, é importante ter o certificado de conclusão do ensino médio e um curso técnico, se a vaga pedir ensino superior, a pessoa tem que ser formada na área que a vaga exige.

A primeira vaga visada é a de Oficial de Inteligência, cujas atribuições têm a ver com a produção, supervisão e manutenção da segurança e produção de conhecimento e inteligência em diversos setores da ABIN. Em segunda, existe a vaga de Oficial Técnico de Inteligência, cujas atribuições são as mesmas do Oficial de Inteligência, porém, com algumas limitações sobre a área de formação e a não necessidade de possuir uma carteira de habilitação “B” no mínimo.

Outra vaga é a de Agente de Inteligência, cujas atribuições são dar assistência aos Oficiais de Inteligência, para essa vaga, é necessário ter apenas o certificado de ensino médio, um certificado de nível técnico e CNH nível “B”. Por fim, o Agente Técnico de inteligência auxilia os Oficiais Técnicos de Inteligência, é preciso ter um certificado de conclusão de ensino médio e um curso técnico nas áreas de contabilidade, edificações e eletrônica.

Concurso ABIN 2017: Veja o edital completo!

Tradicionalmente as provas da ABIN são elaboradas segundo as seguintes etapas. Primeiramente, há uma prova objetiva e discursiva, seguida de uma investigação social e funcional e uma prova de capacidade física. Além disso, os candidatos passam por uma avaliação médica e psicológica e, por fim, um curso de formação em Inteligência. O último concurso aconteceu em 2010. Clique aqui para acessar o edital!

 

Post Comment